Artigos

Compartilhe!

O Louco no Tarot e na Astrologia

Publicado em: 17/02/2010

Por: Titi Vidal

O Louco é um coringa, é o número zero e justamente por isso, é livre para estar em qualquer posição que desejar. É alguém com total liberdade, seja pela ingenuidade de não saber sobre si mesmo ou pela sabedoria de caminhar em busca de auto-conhecimento. É certo que é um ponto de partida, uma abertura ou início, que envolve um novo mundo. E o Louco caminha em direção ao novo motivado pela ousadia, pela ingenuidade, pela paixão e pelo desprendimento. Mas esta paixão que o domina é intensa e irrefletida, impregnando-o de hábitos excêntricos, de alienação de pensamentos e atitudes e muita imprudência.
O Louco pode ser positivo ou negativo, mas é o zero, um vazio que dá origem à uma existência. Mas se prestamos atenção, notamos que o desenho do número zero, forma um círculo, fechado, símbolo da completude. Assim, segue o caminho dos iluminados, saindo do caos e rumando em direção a alguma coisa, prestes a ser materializada.

Seu entusiasmo em busca de libertar-se do antigo é evidente. Assim como o misto de curiosidade e incertezas em relação ao que vem pela frente. Ele segue seu caminho movido pela intuição, pelo coração, e não pelo racional.

Na verdade, é um arcano muito pouco racional, caminhando a esmo pela vida, em direção a alguma coisa que nem mesmo ele sabe o que é. Ele renasce para o mundo, com graça, leveza e inconstância, deixando de lado suas máscaras. Caminha em direção ao abismo, sendo necessário despencar para que possa, então, estabelecer sólidas estruturas.
Com pureza e inocência, é capaz de transcender a dualidade que existe dentro de si, unindo a sabedoria à inocência. Desta forma, consegue renunciar aos estímulos e eventos exteriores, contemplando a vida com o olho interior. Assim, é intuitivo, sendo também a ponto entre consciente e inconsciente.

Caminhando sozinho, descobre seus verdadeiros recursos interiores e, mesmo não sabendo o que busca, busca sem limites, movido para uma direção que não sabe qual, através de sua força interior e instintiva. O Louco representa o estado anterior a qualquer manifestação, jogando-se no mundo do desconhecido em busca de algo sólido e concreto. É este nosso louco interior que nos empurra para a vida, nos levando ao autoconhecimento. Quando encontramos este louco interior, estamos em contato com o vazio natural e com o silêncio interior. É o momento mais livre da vida.

Em um jogo, a carta do Louco pode representar o início de uma nova fase na vida. É hora de arriscar-se a dar um salto rumo ao desconhecido, indicando a ruptura de amarras que até o momento não deixavam agir. Mas pode ser necessário estruturar-se para estruturar sua jornada.

Acredito que este lado ao mesmo tempo ingênuo e espiritual, desapegado e imprudente do louco assemelha-se muito com uma vivência astrológica envolvendo Netuno e Urano. Se por um lado Netuno nos tira da realidade, fazendo com que nossa imaginação ganhe força, bem como um lado mais romântico e até mesmo ingênuo, por outro Urano pede mudanças urgentes, apresentando novos caminhos e rumos. Além disso, esta combinação une o espiritual com o intelectual, o intuitivo e o racional, a fantasia e a ousadia. De um lado, Urano pede que mudemos de atitude, de postura, incluindo inovação e modernidade. Do outro, Netuno nos embriaga, nos envolve com sua nuvem de romantismo e amor. É o lado ingênuo e romântico do louco.

O fato é que a combinação Urano-Netuno nos torna bobos apaixonados em busca de sonhos e ideais, embriagados por um amor espiritual e por uma ousadia imprudente e forçados a partir em busca de um novo que não sabemos qual é. A sensação é a de estar caminhando pela neblina em busca de novos horizontes, ao mesmo tempo com medo de se perder na fumaça e uma estranha esperança que vem do interior, a qual somente podemos ter acesso com nossa intuição. Penso, assim, que a vivência do Louco é em muitos aspectos semelhante com a experiência de viver Urano e Netuno juntos em nossa vida. Caminhando para nossa evolução, em jornada rumo ao novo, de forma romântica, desprendida e feliz.

Compartilhe!

Titi Vidal

Titi Vidal

Biografia:

Titi Vidal é Radiestesista, Astróloga e Taróloga. Atende e ministra palestras e cursos. Desenvolveu a Mesa Astroradiônica, que une Astrologia à Radiestesia e à Radiônica.

+ Deste autor